segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ano Novo, Samba Novo em Lugar Novo!

Pra começar 2010 sapecando as brasas, o Projeto Resgate vem avisar da nossa Primeira Roda do ano.
Que será na Cidade Baixa, lar dos Boemios de Porto Alegre. Mais precisamente na rua Otávio Corrêa, entre as ruas Lima e Silva e João Pessoa, no bar "Confirmado". Será no dia 07/01/2010, com início às 20hs e término à 00:00.

É um bar muito bonito e que está investindo muito em cultura... Isso é muito bom nos dias de hoje.


Grande abraço à todos e nos encontramos lá!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

BOAS FESTAS À TODOS!!!

É isso aí pessoal! Mais um ano que está chegando ao seu final... desejamos neste Natal e Ano novo, à todos, muita paz, saúde, e, cervejadas iguais a esta aqui em cima; que foi em uma das muitas casas do nosso amigo "mais" nômade: O Banana. Então... Vamos brindar o cansaço, brindar a verdadeira amizade, e é claro, ao nosso SAMBA de todos os dias, que, em 2009, nos trouxe muitas alegrias e muitas felicidades.. e, temos certeza de que em 2010, será, também, de muitas alegrias, tão quão 2009.
Felicidades à todos os irmãos do Projeto Resgate e de todos os outros Terreiros por nós conhecidos, ou não!
FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!


Obs: Infelizmente, na foto acima, não estavam todos... Mas isso é só um detalhe... hoje à tarde, talvez estaremos juntos brahmeando a amizade em algum boteco imundo e patifando!

AQUI VAI O NOSSO PRESENTINHO DE NATAL! UMA BRASA DAS MAIS BRASAS!
Petição- Walter Tourinho e Arí Monteiro.


Abraços à Todos!!!!!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Marcelo



23 anos de vida completa hoje esse franzino garoto, de educação ímpar e de rico vocabulário. Garoto que está sempre pronto a ir para um buteco pra jogar conversa fora, falar de samba, sambistas, sobre o seu sambista favorito Élton Medeiros.... ai que fale mal do Élton Medeiros!!!

Marcelo
, você é um orgulho e exemplo para todos nós do Resgate. Com essa tremenda evolução, que aflora em puro sentimento a cada samba que cantamos, você passa pra gente uma energia muita positiva, que é de puro amor ao samba e, isso tudo faz com que ficamos alegres demais.

Muitas felicidades para você!!!! Continue sempre com esse seu jeitão, que é de fechar os olhos e esquecer da vida, cantando bem alto o nosso samba, do jeito que ele merece!

Saúde e muito samba! Abração de todos!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

MONARCO EM PORTO ALEGRE

Alô rapaziada!!! Neste domingo (29/11), Monarco da Portela estará em Porto Alegre numa roda de samba para comemorar o Dia Nacional do Samba. A roda de samba é de graça, no meio da rua, sem teatro, sem ingresso, sem frescura (como diz nosso amigo Duda)...Agradecemos aos nossos amigos do Instituto Brasilidades, que estão dando à Porto Alegre a chance de vermos essa lenda viva do samba sem tirarmos um tostão do bolso. Todos lá hein...E a cana vai ser forte!!!

sábado, 21 de novembro de 2009

Zumbi/Candeia....Candeia/Zumbi

O Dia da Consciência Negra, feriado em muitos municípios
(Por que não no Brasil inteiro????)
, comemorado no dia 20 de novembro remete-nos a Zumbi dos Palmares, o maior ícone da resistência negra ao escravismo no Brasil.

Porém, venho aqui destacar outro negro brasileiro, de extrema importância para a história e música negra/brasileira. Nosso mestre Antonio Candeia Filho. Sem mais para o momento, mando aqui a letra de um samba do Candeia:

Dia de Graça

Hoje é manhã de carnaval (ao esplendor)
As escolas vão desfilar (garbosamente)
Aquela gente de cor com a imponência de um rei, vai pisar na passarela (salve a Portela)
Vamos esquecer os desenganos (que passamos)
Viver alegria que sonhamos (durante o ano)
Damos o nosso coração, alegria e amor a todos sem distinção de cor
Mas depois da ilusão, coitado
Negro volta ao humilde barracão
Negro acorda é hora de acordar
Não negue a raça
Torne toda manhã dia de graça
Negro não se humilhe nem humilhe a ninguém
Todas as raças já foram escravas também
E deixa de ser rei só na folia e faça da sua Maria uma rainha todos os dias
E cante o samba na universidade
E verás que seu filho será príncipe de verdade
Aí então jamais tu voltarás ao barracão


Axé!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Algumas brasas

Bom amigos, já tinha até perdido o costume de postar sambas. Então escolhi uns de terreiro, uns da época do rádio, alguns nós tocamos e outros não. Mas é só coisa boa!

Baixe aqui

01 - Grande Deus (Cartola) - canta: Jamelão
02 - Não fiquei louco (Herivelto Martins e Príncipe Pretinho) - canta: Nelson Gonçalves
03 - Parece mentira (Benedito Lacerda e Darci de Oliveira) - canta: Carmen Barbosa
04 - Acorda escola de samba (Herivelto Martins e Benedito Lacerda) - canta: Silvio Caldas
05 - Mangueira não morreu (Jorge Zagaia) - canta: Jamelão
06 - Apoteose ao samba (Mano Décio e Silas de Oliveira) - canta: Jamelão
07 - Jequitibá (José Ramos e Marcelino Ramos) -cantam: Zé da Zilda e Zilda


Ps. o pessoal tem perguntado quando tocaremos novamente. É o seguinte: ainda não temos data prevista, mas ainda nesse mês de novembro nos reuniremos para fazer a tradicional bagunça em prol do samba, aí avisaremos o local.

Ps1. andam dizendo que a bebida tá demais... rsrs. Vamos dar uma maneirada. Acreditem!

Abraços!

sábado, 24 de outubro de 2009

Parabéns Milene

Bom pessoal, todo dia 25 de outubro é especial para mim (Mário).
Explicarei o por que: felizmente a 6 anos tive a grande sorte de conhecer essa menina, e desde então, no dia 25/10, sou obrigado a me dividir em dois, pois ela faz aniversário no mesmo dia da minha mãe. Que coisa né??!!

Milene!
Saiba que você é uma pessoa muito importante para o Resgate, pois desde o início batalhou, buscou aprender e também a passar o que sabe. Parceira pra qualquer hora, que adora estar junto com a gurizada, e que atura na boa essa turma de nego que só pensa em beber... Imagina se ela bebesse??? Mas tudo bem, talvez seja pelos seus conceitos de Fono...rsrsrs

Felicidades pra você!!! Muita paz, e que você sempre possa passar pra gente esse carisma que tens, e nos traz com tanto carinho!!

Abração do Projeto Resgate!

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Parabéns Moah!!!

Seu nome é Lucilene, mas todos a conhecem como "Moah". Dizem que esse apelido lhe foi dado desde pequena. Moah vem de aleMOA, mas se bem que de alemoa ela não tem nada, mas tudo bem, deixa pra lá.

Moah!

Queremos que saiba que todos integrantes do Projeto Resgate lhe desejam toda a felicidade do mundo. És uma baita amiga, sincera e parceira.
Que nossos laços de amizade se fortaleçam mais e mais, sempre!

Obrigado por fazer parte desta família. E também por dar um toque de beleza no meio desse monte de nego feio...rsrsrs


Felicidades Moah!!!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Roda de samba dia 17/10


Mudamos a data do samba. O que seria dia 23/10 numa sexta-feira passou para o dia 17/10 num sábado. O samba começará as 16h (sem atraso). O endereço do bar é: BAR DO JAJÁ... Na rua Orfanatrófio, bairro Alto Teresópolis, bem de frente ao colégio João XXIII.
Aguardamos todos lá!


Abraços!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Ao invés de dizer que meu samba é sambinha, arranje uma matéria para o seu trabalho....

A vida é mesmo engraçada, não é mesmo caros amigos?! Quando eu achava que estávamos livres de quaisquer atos sensacionalistas, eis que eu me deparo com algumas pessoas e alguns assuntos que me fizeram criar coragem para escrever aqui. Certa leva de gente, e não são poucas, continuam se INTROMETENDO e se OFENDENDO com a tal chamada evolução(ou seria revolução?!) que acontece com o samba. Essa leva de gente não consegue entender que o samba esta acima de qualquer discussão. Que ele é muito maior, e ao mesmo tempo muito mais verdadeiro do que quaisquer fatos emotivos influenciados por certas matrizes.

Bem queridos amigos, falar bonito e ficar no “bla, bla, bla” não faz parte do meu perfil. Seria como ver o Fernandinho com uma latinha de refrigerante na mão, dizendo que de agora em diante, devemos fazer um abaixo a qualquer tipo de álcool que há no mundo, o que o Mario pensaria disso? Eu fora. Pois bem o que quero dizer é que comparações idiotas e um tanto burras no meu ponto de vista, estão sendo feitas, são tantas, as bobagens que se escuta por ai afora que chega a dar medo; Coisas do tipo: Candeia foi bom, mas não chega aos pés do John Lenon. O cara criou o hino da paz e foi um dos fundadores da maior banda de rock que já existiu. Sim, e daí? Comparações e afirmações como essas, não passam de puro preconceito, e ao mesmo tempo um ato de burrice de certos
“MESTRES DA GLOBALIZAÇAO”... os que realmente cuidam para que o Brasil evolua e não caia em uma enorme desgraça e volte a ter uma ditadura. Já imaginaram? O que aconteceria com o “saudoso” Marcos Valério?(mensalaaaaoooo) . Cartola era bom, mas dentro de suas limitações. Michael Jackson deslizou no palco e foi o maior vendedor de discos. São gênios. Minha nossa! Não haverá seres nesse mundo, iguais á eles. Então quer dizer que o Candeia não teve sua suma importância para a musica brasileira? Candeia foi gênio. Noel rosa que faleceu há mais de 50 anos foi gênio, assim como John Lenon, Michael Jackson e Bob Marley... também gênios, ambos dentro daquilo que criaram. Paulinho da viola ou Elton Medeiros são gênios porque venderam mais de bilhões de discos? Ou por que ganharam inúmeros prêmios da musica? assim como o Chuck Barry, que não foi gênio porque não fundou a Quilombo para lutar contra a descaracterização nas escolas de samba? ou por que não compôs um samba enredo para a Portela com apenas 20 anos de idade? Ou vocês vão me dizer que o Maradona foi gênio por ter feito um gol de mão, e em seguida ter driblado meio time inglês? O Pelé fez mais de 1000 gols, ganho 3 copas do mundo, e não foi necessário fazer gol de mão. São esses tipos de comparações que tem que acabar, gênio é gênio, em qualquer lugar, assim como bebum é bebum em qualquer boteco.

FALSOS REVOLUCIONARIOS
peço-lhes: Deixem o samba e a musica evoluir naturalmente! Respeitamos mitos e tradições, deixem o samba ser cantado pelo seu povo nas ruas e nos botequins mais sujos. Como disse Candeia: ARTISTAS PLASTICOS, DEPARTAMENTOS CULTURAIS, GRAVADORAS, PRODUTORES MUSICAIS:NÃO NOS INCOMODEM POR FAVOR.


Abraço!

Thiago Nascimento.


quarta-feira, 30 de setembro de 2009

PARABÉNS GUSTAVO e SAMBA MARCADO


Hoje mais um integrante da família está de aniversário. Gustavão da cuíca. Parceiro, te desejamos tudo de bom! muita saúde, paz, amor, canha e Samba.

E aproveitando todas estas comemorações e festanças que se seguiram e se seguem até o final de ano, faremos um samba no dia 23/10! Por enquanto é isso. Em breve informações mais precisas sobre lugar, hora e tudo mais.

Abraços!!

domingo, 20 de setembro de 2009

Thiagão!!!!


Hoje nosso irmãozinho completa mais uma primavera. Estou falando do Thiago do tamborim, Thiago do figado ruim ou estragado e as vezes também conhecido como Zé bebum (Sem comentários, por favor)... Resumindo, é aquele parceiro que não tem LEEEEEMITES, como ele mesmo fala. Um cara puro, que quando chegou na família só agregou coisa boa! Parabéns cumpadre! Te desejamos toda a felicidade do mundo e muita cana!


Abraços!!!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

PARABÉNS MÁRIO!



Mês de festas...mais um ilustre aniversariante. Nosso querido parceiro Mário, que está em sua mais nova versão, agora 2.5!
Como não poderia faltar, nesta belíssima data, como de costume, será regado a muito samba, bebidas e o melhor de tudo a presença dos amigos de coração.

Mais nada podemos dizer, além de que, é um prazer ter você nego Mário muito mais do que um amigo, e sim um irmão, que com seu jeito...radical? ignorante? brabo? sei lá...
Sincero! Com certeza você se encaixa melhor nesta última opção ...huahuahua.. mas enfim negão, saiba que te amamos e estaremos sempre juntos.

Parceiro... Felicidades em sua vida! É o que o Projeto Resgate lhe deseja.


Abração!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Um ano de vida

Alô rapaziada! Venho aqui externar à vocês, que no feriado de 7 de setembro de 2008, Fernandinho e eu (Mário), tivemos a coragem, (digamos assim hehe), de dar oportunidade às nossas idéias de formar alguma coisa relacionada ao samba que nos desse prazer, e juntamente com outros amigos de fé, vimos que não era impossível encontrar pessoas, aqui no sul, que realmente gostassem de samba (vocês sabem de que tipo de samba estou falando né?).

Apesar da dificuldade, aos poucos as coisas foram engrenando, uns saíram, outros entraram, amizades feitas e infelizmente amizades perdidas, mas tudo bem, isso faz parte.
Momentos de desistência tivemos vários, mas sempre que batia o desânimo em um de nós, aparecia um irmão com uma injeção de ânimo para dar conselhos e mostrar que era possível sim, e que tudo é questão de tempo.

Tudo isso foi importante para que completássemos o nosso primeiro aninho de vida. Ainda somos um bebê em matéria de samba, engatinhando devagarinho, aprendendo com os mais antigos, porém, o sentimento é notável e verdadeiro, AMAMOS O SAMBA.

Agradecemos aqui aos verdadeiros amigos que dentro do possível, sempre estão nos dando uma dica, um apoio, uma palavra amiga... amigos do Rio, de São Paulo, amigos de Porto Alegre. Obrigado a todos!

VIVA A AMIZADE!
VIVA O SAMBA NO AMOR E NA CORAGEM!


SEM FINS LUCRATIVOS!



Abraços!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Vamo Pro Samba? Vamo bebe?


É o seguinte pessoal!!! Como já deu pra notar, as rodas de samba do Projeto Resgate são apenas uma vez no mês, e o próximo samba será no primeiro sábado de setembro, com muita bagunça, muita risada e olho no olho, coisas fundamentais numa roda de samba, não é mesmo?


Samba marcado então minha gente, dia 5 setembro, apartir das 16hs no bar do Jajá. Rua Orfanatrófio, bairro Alto Teresópolis, bem de frente para o colégio João XXIII.

Ps.: estaremos pelas bandas do Jajá lá pelas 15hs, até antes, para começarmos a beber, e quem quiser nos acompanhar é só chegar.

Abraços!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

PARABÉNS!



Nesse mês de agosto, temos um ilustre aniversariante. Tô falando do nosso Presidente do time dos Caninhas, FERNANDINHO.

Parceiro, é com muito prazer que o Projeto Resgate vem lhe prestar esta homenagem, saiba que tu és um grande amigo, companheiro e uma pessoa muito importante para todos nós. O verdadeiro MAGNATA. Huauahauah...

Então é isso, amanhã to passando aí pra gente tomar "umas". Mando aqui um forte abraço em meu nome (Mário) e de todos do Projeto Resgate.

Abração!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

CANA E SAMBA!

Aê rapaziada!!!
Então é nesse sábado hein!? Apartir das 15 horas lá no bar do Jajá.
Rua Orfanatrófio, bairro Alto Teresópolis, bem de frente para o colégio João XXIII.

A CANA VAI SER FORTE E O SAMBA VAI SER PESADO!

Preparem-se!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

PROJETO RESGATE


É isso aí rapaziada!!! Que fim de semana hein!!!?? Venho aqui destacar um dos, se não o mais agradável acontecimento deste fim de semana que foi o ganho de mais um companheiro em nossas vidas. Estou falando do nosso cumpadre Gabriel. O pingão realmente é fora de série, (apesar do episódio hilário do refrigerante hehehe) mostrou-se uma pessoa de humildade ímpar, surpreendendo e cativando muita gente.
Cumpadre Gabriel! Tua vinda aqui fez com que despertasse ainda mais esse sentimento, aumentando a perseverânça nessa luta pela qual estamos juntos. Obrigado!!!

Mudando de assunto, nossa próxima roda de samba será no dia 8 de agosto, segundo sábado do mês, lá no Bar do Jajá. Rua Orfanatrófio, bairro Alto Teresópolis, bem de frente para o colégio João XXIII, apartir das 15:30hs.

Abração!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Projeto Cirrose no Sul, TCHE!


Pois é rapaziada! Neste final de semana o "Projeto Cirrose", muito conhecido no núcleo RJ, SP está desembarcando aqui no Sul... Quem o vem divulgar aqui é o nosso querido amigo Gabriel da Muda! Ele virá acompanhando o Grande Moacyr Luz... Que dispensa comentários...
Bom, se quiserem tirar dúvidas sobre o evento, é só clicar no folder ao lado...


Com certeza depois do Show, vai rolar aquele samba em algum botéco...



Abração à todos!!!!

domingo, 5 de julho de 2009

PROJETO RESGATE

Eae pessoal!!!
Nesse próximo domingo, dia 12, o Projeto Resgate irá realizar mais uma roda de samba. Dessa vez será na quadra da Escola de Samba Bambas da Orgia, que fica ali na Voluntários da Pátria, o número eu não sei, mas todo mundo sabe onde é, não é mesmo? hehe...(preguiça de procurar no google).
Vai rolar uma FEIJOADA, ingresso no valor de R$ 15,00, apartir das 12:30.

Abraços.

domingo, 21 de junho de 2009

RODA DE SAMBA DO PROJETO RESGATE

Aê rapaziada, estão todos convidados para no próximo dia 04 de Julho, às 16h no Bar do Jajá, também conhecido como "amarelinho", curtir a roda de samba do Projeto Resgate. O bar localiza-se na rua Orfanatrófio, no bairro Alto Teresópolis, bem de frente para o colégio João XXIII.

E aí?... Vamos?



Abraços!

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Felicidades!!


Grande VILMAR! Nosso querido amigo, dono de uma palhetada das antigas com seu cavaco afinado em E, A, D, G. Grande "mandador de brasas" hehe. Esta postagem é para falar pra ti meu amigo, que nós te amamos, e que tu és um cara muito importante para o Resgate e principalmente para todos nós... Aceite um forte abraço deste alguém que tanto te ama. Parabéns para você, segue neste telegrama... Felicidades querido.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Djalma Sabiá


Vamos para o Salgueiro nesta postagem, falar de um dos maiores compositores da Acadêmia: Djalma Sabiá, compositor de Sambas como: Brasil fonte das artes(56), Exaltação aos Fuzileiros Navais(58), Viagem pitoresca e histórica ao Brasil(59), Chico Rei(64)... D´entre outros.
Mas nesta postagem quero mostrar o mais belo Samba-enredo que ja ouví; E é do mestre. Preste muita atenção na letra.

Navio negreiro
Autor(es): Djalma Sabiá e Amado Régis. Intérprete: Djalma Sabiá. Samba de 1957
Apresentamos
Páginas e memórias
Que deram louvor e glórias
Ao altruísta e defensor
Tenaz da gente de cor Castro Alves
Que também se inspirou
E em versos retratou
O navio onde os negros
Amontoados e acorrentados
Em cativeiro no porão da embarcação,
Com a alma em farrapo de tanto mau trato
Vinham para a escravidão
Ô-ô-ô-ô-ô. No navio negreiro
O negro veio pro cativeiro
Finalmente uma lei
O tráfico aboliu
Vieram outras leis
E a escravidão extinguiu
A liberdade surgiu
Como o poeta previu
Ô-ô-ô-ô-ô.
Acabou-se o navio negreiro
Não há mais cativeiro.

baixe esse samba
aqui:

sexta-feira, 8 de maio de 2009

CANCELADO.

Amigos, por motivos de força maior não haverá samba neste sábado... Continuaremos atrás de um lugar para tocar.

Abraços à todos!

terça-feira, 5 de maio de 2009

Amigos

Lembramos que no PRÓXIMO SÁBADO (09/05), SAMBA COM PROJETO RESGATE. NA LIMA E SILVA, 275, "BAR BáZico" DAS 15 ÀS 19HS

Esperamos pela presença de todos.

Abraços.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Olá pessoal!!

Primeiramente o Projeto Resgate quer agradecer aos amigos que compareceram em nosso samba do dia 25. Tava bommm pra caramba!!!!!
Queremos também ressaltar o ótimo ambiente que o bar (BáZico) nos ofereceu, esperamos que as próximas rodas de samba sejam ainda melhores, com muito samba pesado, rsrsrs.
Então é o seguinte, se você quer escutar, aprender e cantar esses sambas...é só chegar!!! É como diz lá no orkut do nosso amigo wladimir, "tem que sentir pra compreender...".
Próximo samba dia
09/05... fique ligado!!

PROJETO RESGATE

domingo, 19 de abril de 2009

...NOVO TERREIRO


Olá amigos!
Dando continuidade ao nosso resgate de SAMBA DE TERREIRO, iniciaremos
neste
sábado (25/04) nossas rodas de samba com local e datas certas, onde serão realizadas quinzenalmente
, no Bar BáZico, na rua Lima e Silva, n° 275, das 15 às 19 horas.
Esperamos à sua presença!

Obs.: lembrando que serão quinzenais nas seguintes datas:

- 25/04 - neste sábado

- 09/05

- 23/05

-06/06

-20/06


SALVE O SAMBA DE TERREIRO!

sábado, 28 de março de 2009

PROJETO RESGATE


Disponibilizaremos aqui o áudio com alguns sambas da nossa roda de ontem, lá no sindicato dos servidores públicos.

As músicas são as seguintes:
*Rí melhor que rí no fim (Noel Rosa de Oliveira/José Ernesto Oliveira/Raimundo F. de Lima)
*Paulo da Portela (Aníbal Silva/Éden Silva)
*Arma perigosa (Paulo da Portela/Paquito)
*O que será de mim agora? (Geraldo Babão/Valdelino Rosa)
*Ao amanhecer (Cartola)
*Linda borboleta (Paulo da Portela)


Obs: O samba "O que será de mim agora?" é inédito.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Algumas Brasas

E ai meus camaradas, depois de quase um mês parado o nosso blog volta a oferecer algumas brasas para vocês apreciarem.
Império, Mangueira, Portela e Salgueiro, uma brasa de cada escola.

01. Chegou o Império (Mestre Fuleiro/Rubinho) canta: Carmen Silvana
02. Não me deixaste ir ao samba (Carlos Cachaça e Heitor dos Prazeres) canta: (Carlos Cachaça)
03. Não pode ser verdade (Alberto Lonato) canta: Alberto Lonato
04. Exaltação ao Salgueiro (Eden Silva - Nilo Moreira - Aníbal Silva)

baixe as brasas no link abaixo:

http://rapidshare.com/files/211114693/brasas.rar.html

Abração!!

Mário

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

SAMBA MARCADO
E ai pessoal!
Já fazia um tempinho que não faziamos as nossas bagunças né?
Então é o seguinte: o samba tá formado nessa quinta feira, dia (26/02) , às 19:30, no Sindicato dos Servidores Públicos, que fica na Riachuelo, em frente da Igreja das Dores.
Convidamos a todos para formar este terreiro conosco.
Até quinta então.

Abração a todos!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

PORTELA 1957

Segue aqui um video incrivel com imagens do carnaval da Portela de 1957. O samba é Legados de João VI... Prestem muita atenção na diferença do carnaval de antigamente para o de agora(Não estou falando em capital), olhem como o pessoal se divertia, brincava o carnaval, o que hoje, na minha opinião não existe mais. Ja disse o mestre Candeia: Antigamente ela(escola de samba)era muito mais artistica popular. Atualmente ela é artistica de consumo popular

Obs: O video não tem som. Porém, se quiser ouvir o samba, baixe aqui.
video

ABRAÇOS À TODOS

Fernandinho.





quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

SOBRE ONTEM NA CIDADE BAIXA...


Ontem à noite, estavamos com aquela vontade repetitiva e sufocante de tomar "uma" brahma. Então eu e nego Mário ligamos para o banana e para o Wladimir para nos acompanhar nesta árdua e difícil tarefa. O banana pediu para passar em sua residência, e com o Wladimir nos encontrariamos direto no lugar combinado, que seria, na Lima e Silva, Cidade Baixa, mais precisamente em frente a um bar chamado "parangolé", que eu, até então, não conhecia.
Meu amigo banana ligou-me dizendo que iria ter que cuidar o restaurante da sua mãe...(Balela, a Moah não deixou, rsrs). Se ele soubesse o que perdeu, tirando a cervejada tradicional, uma música de ótima qualidade, que até então, nós não sabiamos que teria. Dois senhores, um com 68 anos? 78 anos?... Bem, não lembro pois ele disse a idade para nós somente ao final da apresentação, que durou, aproximadamente três horas( nisso nós já estávamos bebassos, rsrs ). Um tocando violão, e o outro, tocando um dos instrumentos de mais difícil aprendizado(Na minha opinião) O bandoneon. Estava muito foda, o bate papo, a ceva, a música... Tudo.
Cada vez mais eu confirmo que a Cidade Baixa é o paraíso da boemia em Porto Alegre. Lá tem de tudo, desde roqueiros com cabelo moicano vermelho e violão nos braços cantando "Papai noel filha da puta" à sambista de panamá com apetrechos no pescoço(é sim, aqueles enormes que os deixam quase corcundas). O que a diferencia de outros lugares é a infinidade de bares e a variedade de estilos e ritmos.
É na Cidade Baixa que também está localizada a roda de samba dos nossos parceiros do Brasilidades, quem não conferiu... Vai que vale a pena, rapaziada foda.
Estamos tentando descolar um terreiro por estas bandas para firmar nossa roda de samba, se conseguirmos, vai se foda.
É isso ai, o recado está dado, quando quiserem curtir uma banda boa em "porto", já sabem onde ir. CIDADE BAIXA.

Abração à todos!

Fernandinho.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Olá pessoal!

Conforme a última postagem, deixo aqui um brevíssimo comentário.
Espero que vocês (frequentadores do blog) tenham lido a carta. Nela, podemos observar a luta que, Candeia, Paulinho da Viola e outros indagaram com extremo amor à Portela e ao samba, obtendo assim, a visão de possíveis mudanças no futuro, que infelizmente hoje estão aos nossos olhos.
Como disse no início, o comentário é breve.
Aos que leram a carta, reflitam. Aos que não leram, leiam.
GRANDE ABRAÇO!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

CARTA DE CANDEIA À PORTELA


Diretoria do GRES PORTELA
Rua Arruda Câmara, 81
Madureira – GB

At.: Sr. Carlos Teixeira Martins


Prezados Senhores:

Com o intuito de prestar uma colaboração efetiva à Portela e, de acordo com a solicitação feita pela Presidência, vêm os signatários desta apresentar suas considerações, que julgam válidas, para o necessário aperfeiçoamento das atividades e desempenho de nossa Escola.

O que expomos, no documento anexo, não é o pensamento isolado de qualquer um de nós. É, precisamente, a opinião do grupo que, em discussão franca e aberta, predominou sobre eventual ponto de vista particular. Assumimos, pois, inteira responsabilidade pelas opiniões emitidas.

Em nosso documento procuramos focalizar os aspectos que, pela sua importância dentro da Escola e pelas implicações que possuem com os desfiles de carnaval, devem merecer prioridade no conjunto de providências que, acreditamos, deverão ser tomadas a fim de que a Portela reassuma a posição de liderança que sempre foi sua, por direito e tradição, no cenário do samba e da nossa cultura popular.

Cada um de nós possui uma experiência no trato dos problemas da Portela, muito através do convívio direto com os componentes da Escola. Foi exatamente essa experiência que, aliada aos conceitos, de que comungamos, de respeito ao samba e às nossas tradições que, de uma forma geral, conduziu nossas opiniões.

Acreditamos que os insucessos que vêm ocorrendo com a nossa Portela têm suas razões principais dentro da própria Escola.

Acreditamos que a solução dos nossos problemas depende exclusivamente de nós.

Atenciosamente,

André Motta Lima
Antônio Candeia Filho
Carlos Sabóia Monte
Cláudio Pinheiro
Paulo César Batista de Faria

1 - INTRODUÇÃO

Escola de samba é Povo em sua manifestação mais autêntica!

Quando se submete às influências externas, a escola de samba deixa de representar a cultura do nosso povo.

Se hoje em dia são unânimes opinião e posição contrárias da imprensa em relação à Portela, é porque a Portela, apesar de sua tradição de glória, se deixou descaracterizar pelas interferências de fora. Aceitou passivamente as idéias de um movimento que, sob o pretexto de buscar a evolução, acabou submetendo o samba aos desejos e anseios das pessoas que nada tinham a ver com o samba.

Durante a década de sessenta, o que se viu foi a passagem de pessoas de fora, sem identificação com o samba, para dentro das escolas. O sambista, a princípio, entendeu isso como uma vitória do samba, antes desprezado e até perseguido. O sambista não notou que essas pessoas não estavam na escola para prestigiar o samba. E aí as escolas de samba começaram a mudar. Dentro da escola, o sambista passou a fazer tudo para agradar essas pessoas que chegavam. Com o tempo, o sambista acabou fazendo a mesma coisa com o desfile.

Essas influências externas sobre as escolas de samba provêm de pessoas que não estão integradas no dia-a-dia das escolas. E por não serem partes integrantes dessa cultura popular, que evolui naturalmente, são capazes de se deixar envolver pelo desejo de rápidas e contínuas modificações, que atendam a sua expectativa de sempre ver ‘novidades’. A despeito de algumas boas contribuições deixadas por pessoas que agiam sem interesses pessoais, e pensando no samba, a maior parte dos palpites tratava de submeter as escolas ao capricho dos intrusos. Começou a existir um clima de mudanças baseado no que as pessoas gostariam de ver e isso tudo levou às deturpações e defeitos que tanto atrapalham as escolas de samba, em todos os seus setores.

Atualmente já se notam reações generalizadas contra as apresentações de escolas afastadas da autenticidade. Essas reações estão concentradas, em grande parte, em pessoas capazes de conduzir a opinião pública. São as mesmas que anteriormente divulgavam a ‘novidade’ de cada ano; e o que fosse divulgado e falado como certo, fosse o que fosse, era aceito por todos. Pois essas pessoas esperam agora uma reação contra as deturpações do samba.

Consideramos que este é o momento de fazer a única evolução possível, com o pensamento voltado para a própria escola. Ou seja, corrigindo o que vem atrapalhando os desfiles da Portela, que tem confundido simples modificações com evolução. É preciso ficar claro que nem tudo que vemos pela primeira vez é novo.

E que o novo, que pode servir a uma escola, num determinado momento, pode não servir a outra.

A Portela adotou a Águia porque era o símbolo do que voa mais alto, acima de todos. E, inatingível, a Portela nunca imitava nada dos outros. Sempre criava. Hoje, o que a Portela está fazendo é procurar copiar o que se pensa que está dando certo em outras escolas.

Voltando a olhar o samba por si mesma, a Portela voltará a ter os valores imprescindíveis, que tanto serviram para afirmar sua glória. Enganam-se os que pensam ser impossível recobrar esses valores.

Esses valores foram capazes de fazer com que todos aguardassem a nossa escola com a expectativa de que veriam alguma coisa original. E o original, no momento, é ser fiel às origens. A Portela é a mais acusada quando se criticam deturpações no samba. É necessário ouvir toda a escola.

CRÍTICAS QUE JULGAMOS CONSTRUTIVAS

2.1 - A centralização se tornou demasiada na Portela. As diretorias, de algum tempo para cá, passaram a não mais ouvir as solicitações do componente, nem procurar explicar a ele suas decisões. A organização do Carnaval passou a ficar a cargo de poucas pessoas. Muita gente fica sem saber o que fazer. No desfile, isso se reflete no grande número de diretores responsáveis, que não sabem como agir.

2.2 - O gigantismo, sem dúvida, atrapalha a escola. Todos os setores são prejudicados por ele. É unânime a opinião de que a Portela cansa, porque ninguém agüenta ver um desfile arrastado. No entanto, o gigantismo é uma falha que decorre da própria escola e das influências externas que agem nefastamente sobre ela. Donos de alas conquistam seus figurantes, procurando agariá-los sem atender os verdadeiros interesses da Portela. Faltam medidas administrativas corajosas capazes de eliminar esse problema...

2.3 - O figurinista, ainda que famoso, precisa conhecer a Portela profundamente. Não adianta imaginar figurinos sem levar em conta os componentes da escola. Como resultante, as fantasias têm sido confeccionadas em total desacordo com os figurinos apresentados. Algumas alas tomam a si a iniciativa de escolher suas próprias roupas, sem levar em conta o enredo e o figurino recebido e nenhuma medida punitiva ou preventiva é tomada pela diretoria.

2.4 -
Há anos gasta-se dinheiro para construir alegorias grandiosas. O resultado nunca é o esperado, porque o responsável pelo barracão não está integrado na escola. Os carros são pesados, difíceis de conduzir, quebram e prejudicam a escola. A partir de uma determinada época, generalizou-se a idéia de que a alegoria de mão era uma solução visual que emprestaria leveza e facilidade ao desfile. Na realidade, o que se vê é um obstáculo que não deixa sambar e tira a liberdade de expressão dos sambistas. As alegorias de mão, atualmente, atualmente, se constituem num recurso ilícito para valorizar a participação de alas que não sabem sambar. E, além disso, as alegorias, de mão ou de carro, não podem ser olhadas separadamente como um simples conjunto de julgamento. São antes de mais nada partes integrantes que devem ajudar a contar o enredo e valorizar o desfile da escola.

2.5 - Sob o pretexto de buscar uma comunicação mais imediata, a Portela vem restringindo a liberdade de criação de seus compositores. Além disso, os sambas de enredo vêm sendo escolhidos ao sabor de gostos pessoais e pressões comerciais.

2.6 - Os destaques, quando não constituem parte integrante do enredo, representam um obstáculo ao correto desfile da escola. Eles atrapalham na armação, dimensão e harmonia da escola, pois, invariavelmente, não cantam, separam e quebram a evolução da Portela. Alem disso, a Portela está cheia de destaques intrusos. O número excessivo de destaques na escola só faz prejudicar o bom desempenho da Portela na avenida.

2.7 - Não é possível continuarem os integrantes da escola sem acompanhar de perto tudo o que se passa na Portela. Não é possível que muitos saiam sem saber ao menos como se armar e se portar no desfile, e o que representam no enredo. Sem saber o quanto é importante a sua participação. Os componentes não têm consciência de que são eles a própria escola.

2.8 - A Portela tem deixado de lado seu papel de liderança no samba. A escola vem aceitando todas as contingências do regulamento, sem levar em conta não só seu papel inovador como a sua posição de contribuinte para a própria evolução do samba. Não podemos e nem devemos ficar a reboque de outras escolas, sem assumirmos nossa posição quanto ao destino das escolas de samba, independente de vantagens momentâneas que possamos aferir.

3 - NOSSAS SUGESTÕES


3.1 - Direção

A direção da escola precisa urgentemente separar suas atividades em dois setores: administrativo e carnavalesco.

O setor ‘administrativo’ funcionará na atual foram da diretoria, compreendendo seus atuais encargos acrescidos das tarefas de fortalecimento da organização e do patrimônio da escola, promovendo todas as demais atividades paralelas voltadas para o melhor atendimento dos portelenses (atividades culturais, recreativas e sociais).

O setor ‘carnavalesco’ englobará todas as atividades ligadas ao carnaval, sob a responsabilidade exclusiva de uma ‘comissão de carnaval’, formada com poderes efetivos para a elaboração de todo o planejamento e execução do Carnaval, seguindo um orçamento financeiro aprovado pelo setor administrativo.

A ligação entre o setor administrativo e a comissão de Carnaval será feita por um sistema de representação oficial que garantirá o vínculo e a uniformidade de ação dos dois setores.

O trabalho da comissão de Carnaval só terá efetivo valor para a Portela, se for realizado com a máxima liberdade, dentro de um relacionamento respeitoso e democrático com o setor administrativo da direção de escola.

Assim sendo, todos os encargos relacionados com o Carnaval só poderão ser desempenhados pela comissão, inclusive a divulgação do enredo.

Os componentes da comissão de Carnaval deverão ser selecionados dentre os elementos mais representativos e conhecedores da escola e suas características. Caberá à comissão de Carnaval indicar os diretores que terão responsabilidade direta sobre o desfile, que serão os únicos investidos de autoridade para agir junto à escola. Não serão permitidos diretores de alas que não estejam integrados em suas próprias alas.

3.2 - Gigantismo

Este problema será combatido com a adoção das seguintes medidas: proibição sumária de inscrição de novas alas na Portela; limitação do número de componentes em cada ala; eliminação de alas sem representatividade na Portela; estímulo à fusão de alas de pequeno contigente; criação de um regulamento para as alas que estabeleça, entre outras obrigações, o cadastramento das alas, o ingresso dos componentes no quadro social da Portela e a presença das alas nos ensaios com a bateria, segundo um programa a ser elaborado.

Estas medidas visam limitar o efetivo da escola a 2500 figurantes distribuídos por, no máximo, cinqüenta alas.

No processo de redução do efetivo da escola serão levados em consideração: antiguidade, obediência ao figurino e desempenho nos últimos anos.

3.3 - Fantasias

O figurinista escolhido pela comissão de Carnaval deverá ser obrigado a realizar um sério trabalho de pesquisa em torno do enredo, procurando adaptar a execução dos figurinos aos anseios dos componentes da Portela.

Se possível deverão ser recrutados auxiliares diretos do figurinista entre pessoas que pertençam á escola e que já tenham participado anteriormente de trabalhos desse gênero, capazes de refletir os gostos e desejos dos portelenses.

Para facilitar a fiel execução do figurino por parte das alas, será preparada uma fantasia modelo para cada ala, com indicação de tipos de tecido a serem usados, preços dos materiais e local onde poderão ser adquiridos.

A comissão de Carnaval ficará encarregada da fiscalização direta da confecção por parte das alas.

Deverá ser criado um grupo sob o comando de um representante da comissão de Carnaval, que disponha de amplos poderes para retirar da concentração pessoas estranhas à Portela vestindo fantasias não aprovadas pela comissão de Carnaval.

Esse grupo teria autoridade para controlar também as alas que desobedeçam ao critério de redução.

3.4 - Alegorias

É muito importante a escolha de um artista capaz de dar confecção leve, com material moderno, à concepção dos carros. O artista precisa estar integrado à escola, não criando isoladamente. E deve também formar um grupo egresso da própria escola, que irá ajudá-lo e será aprimorado por ele.

Os carros devem contar o enredo e terão seu número determinado de acordo com as reais necessidades do mesmo. Também as alegorias de mão terão seu número reduzido apenas ao imprescindível à ilustração do enredo.

Vale deixar clara nossa posição: alegorias como fantasias só têm razão de ser enquanto arte popular.

Como existe, por força de regulamento, o caráter de competição, a escola é obrigada a contratar artistas mas, deve, dentro do possível, limitar a criação dessas pessoas ao âmbito da cultura popular, que caracteriza a escola de samba. E lutar para quer, no futuro, integrantes da escola reúnam condições de fazer, eles mesmos, as alegorias e fantasias.

3.5 -
Samba enredo

É preciso urgentemente rever os conceitos criados a partir da idéia de que o samba curto é o mais comunicativo. É preciso dar total liberdade de criação ao compositor, quanto ao número de versos.

A escolha do samba de enredo será feita pela comissão de Carnaval, levando em consideração a opinião geral dos compositores e, também a opinião dos componentes da escola. Terá de ser definitivamente afastada a hipótese de se levar em conta torcidas e interesses na escolha do samba de enredo. A colocação em quadra deve ser útil para mostrar o andamento do samba e a sua adaptação à escola. E, em nenhuma hipótese, deve ser aceita a interferência de pessoas de fora da escola.

A responsabilidade da escolha e da definição dos sambas de enredo que irão para a quadra será exclusiva da comissão de Carnaval. Como norma que facilita e aprimora o contato entre os compositores, será obrigatório o mínimo de dois compositores para cada samba de enredo.

Mas nem só de samba de enredo vive uma escola. A atenção ao trabalho dos compositores anima e eleva a própria escola. Por isso, consideramos de grande valia a abertura de um concurso interno de sambas de terreiro interno, só de compositores filiados à Portela. O samba de terreiro deverá voltar a ser ensaiado no meio da quadra, com prospectos e sem bateria, para dar chance ao compositor de avaliar a reação de seu próprio samba.

Ainda para fortalecimento e levantamento de valores da escola, sugerimos um festival de partido alto, organizado pela Velha Guarda, com todas as implicações de desafio e samba no pé.

Será também importante proibir a entrada de novos compositores, condicionando a filiação á abertura de vagas na ala dos compositores.

Com sentido de melhor representar a escola, os compositores deverão organizar coros masculinos e feminino, com respectivos solistas, a fim de representar a escola em gravações e exibições. Os solistas serão também puxadores oficiais de samba da escola. Além dos coros, será formado um regional oficial.

3.6 - Destaques

O número de destaques precisa ser determinado a cada ano, para atender exclusivamente às reais necessidades do enredo, de acordo com critério da comissão de Carnaval. as pessoas que estão saindo de destaque, se não forem julgadas convenientes á escola, serão convidadas a sair em alas, exceção feita, naturalmente, aos destaques tradicionais da escola. Não deverão ser mais admitidos os destaques de ala.

3.7 - Participação de componentes

As alas, por força de regulamento acima citado, têm de se reunir com maior freqüência com a diretoria. Não só para resolver problemas de estrutura, como também para melhor entender o Carnaval que a escola quer mostrar.

Os diretores responsáveis pelas alas, além do aspecto de trabalho mais íntimo com os componentes, precisam se interessar pelo trabalho de orientação da escola a respeito da maneira mais correta de desfilar.

Para que sejam definidas as atitudes durante o desfile, sugerimos a efetivação de ensaios com alas, nos moldes do desfile (Ex.: sair pelas ruas com a bateria).

Também é importante a volta do autêntico ensaio geral, com a formação das alas em sua ordem de desfile.

Em ambos os casos, as alas precisam ser orientadas sobre a maneira de armar na avenida, evitando a postura do bloco – um vício que vem dos ‘bailes de Carnaval’ em que se transformaram os ensaios da escola.

Além da divulgação referente ao Carnaval, é preciso fortalecer os vínculos entre diretoria e componentes. Os componentes precisam participar mais de todas as atividades da escola. E para ajudar este processo sugerimos a imediata criação de um jornal interno da Portela, de um quadro de avisos na sede e também uma caixa de sugestões e críticas. O importante é que todos, sem distinção, tenham liberdade de opinião e possam se manifestar.

3.8 - Posição externa

A Portela precisa assumir posição em defesa do samba autêntico. Isso não significa um retorno à década de 1930, mas uma posição de autonomia e grandeza suficientes para só aceitar as evoluções coerentes com o engrandecimento da cultura popular. É preciso olhar o regulamento de desfile sob o ponto de vista do samba. É necessário que a Portela lidere um movimento que obrigue a existência de um critério de julgamento autêntico e preestabelecido pelas escolas de samba. A Portela, e as escolas de samba em geral, não podem mais ficar sujeitas ás vontades dos que vivem fora do dia-a-dia do samba.

4 -
CONCLUSÃO

Estamos certos de que as sugestões indicadas constituem a correta solução para os problemas da Portela.

Não nos movem intenções de cargos ou de prestígio pessoal.

Cremos ser necessárias mudanças de estrutura profunda, a cargo de pessoas certas para isso, que terão nosso irrestrito apoio.

Estamos dispostos a apoiar os que se proponham a realizar essas mudanças, que julgamos inadiáveis, e a colaborar na medida de nossas possibilidades, discutindo e aplicando as proposições.

Os signatários desse documento concordam inteiramente com os seus termos e se propõem à sua defesa em qualquer momento, em qualquer condição, a qualquer tempo.

Estamos dispostos à discussão e ao debate que resultem numa posição comum em defesa da autenticidade do samba e da nossa Portela.


Esta carta foi escrita por Candeia e outros portelenses, entre eles Paulinho da viola...
O carnaval está chegando... Leiam e reflitam

ABRAÇÃO À TODOS !!!